View Full Version: The Day of the Tentacle

ScummBR Traduções > FEEDBACK & COLABORAÇÕES > The Day of the Tentacle


Title: The Day of the Tentacle
Description: não achei a tradução na internet


Phobos - February 19, 2010 10:55 PM (GMT)
Primeiramente, parabens pelo forum!!
Gostei muito!! :)

"Segundamente", mesmo vendo muitos jogos legais que eu voltei a jogar com as traduções daqui ou do GameVicio do estilo DOTT, Sam&Max, The Dig.
So que só tem a tradução do DEMO aqui, por ser abandonware, pq alguem jogaria jogo DEMO? Lembro de demo das epocas de BIGMAX das revistas que eu comprava qdo garoto, hoje num tem mais isso.

Logo queria saber se alguem está traduzindo esse jogo.

Caso negativo, me falarem qual programa eu posso abrir o jogo para fazer a tradução, pois ele é realmente MTO bom, por mim, o melhor da LucasArts...ate mesmo melhor que the dig :P

Valew ae pessoal!

Matheus Moreira - February 20, 2010 02:00 PM (GMT)
Nós da SCUMMBR estamos traduzindo o jogo, porém sem data para terminar.

Um coisa importante é que não existe "abandonware". Esse termo foi inventado para justificar a pirataria de jogos antigos, supostamente "abandonados" pelas empresas produtoras. Na pratica, baixar esses jogos de sites é ilegal igual baixar qualquer jogo novo. Alguns jogos, como por exemplo o Beneath a Stell Sky, são lançados publicamente como freeware e nesses casos sim, você pode baixa-los gratuitamente sem infringir a lei.

Outra coisa importante é que os jogos antigos estão cada vez mais deixando de ser "abandonados" para serem novamente vendidos. Sites como o GOG.COM são especializados em jogos antigos e os vendem por preços abaixo dos USD 10,00.

No STEAM você também encontra diversos adventures da lucasarts para comprar. Ainda não tem o DOTT, mas eles tem planos para lança-lo ainda esse ano.


Phobos - February 24, 2010 05:44 AM (GMT)
QUOTE (Matheus Moreira @ Feb 20 2010, 11:00 AM)
Nós da SCUMMBR estamos traduzindo o jogo, porém sem data para terminar.

Um coisa importante é que não existe "abandonware". Esse termo foi inventado para justificar a pirataria de jogos antigos, supostamente "abandonados" pelas empresas produtoras. Na pratica, baixar esses jogos de sites é ilegal igual baixar qualquer jogo novo. Alguns jogos, como por exemplo o Beneath a Stell Sky, são lançados publicamente como freeware e nesses casos sim, você pode baixa-los gratuitamente sem infringir a lei.

Outra coisa importante é que os jogos antigos estão cada vez mais deixando de ser "abandonados" para serem novamente vendidos. Sites como o GOG.COM são especializados em jogos antigos e os vendem por preços abaixo dos USD 10,00.

No STEAM você também encontra diversos adventures da lucasarts para comprar. Ainda não tem o DOTT, mas eles tem planos para lança-lo ainda esse ano.

obrigado pela resposta amigo, mas nao indicou qual programa uso para abrir esses jogos para traduzir, pois posso ajudar caso precisem...

E tambem para consertar os do SAM & MAX, que ficou com giria de mineiro (eu sou :) ) algums personagems e isso fica muito feio, dae eu mudaria para mim essa tradução.

RafaelGC - February 25, 2010 03:11 AM (GMT)
Phobos, quanto a ferramenta de tradução dos advs da LucasArts, já faz algum tempo que, por consenso aqui do grupo, decidimos não divulgar essa informação.

Já quanto a tradução do Sam and Max... Diego DJ Souza, o responsável por essa tradução e, que teve a ótima ideia de usar o nosso sotaque mineiro brasileiro para adaptar o sotaque mineiro americano. Logo, essa adaptação foi pensada dessa forma, sem qualquer tipo de ofensa ou no intuito de denegrir a imagem/cultura do povo mineiro.

Mas foi ótimo esse seu comentário, afinal foi o primeiro feedback que tivemos voltado a essa questão.

De qualquer forma, acho interessante vc postar aqui as falas que você julgou estarem "feias". Quem sabe numa futura revisão da tradução possamos dar uma readaptada.

Att. :ok:

Phobos - February 28, 2010 12:10 AM (GMT)
QUOTE (RafaelGC @ Feb 25 2010, 12:11 AM)
Phobos, quanto a ferramenta de tradução dos advs da LucasArts, já faz algum tempo que, por consenso aqui do grupo, decidimos não divulgar essa informação.

Já quanto a tradução do Sam and Max... Diego DJ Souza, o responsável por essa tradução e, que teve a ótima ideia de usar o nosso sotaque mineiro brasileiro para adaptar o sotaque mineiro americano. Logo, essa adaptação foi pensada dessa forma, sem qualquer tipo de ofensa ou no intuito de denegrir a imagem/cultura do povo mineiro.

Mas foi ótimo esse seu comentário, afinal foi o primeiro feedback que tivemos voltado a essa questão.

De qualquer forma, acho interessante vc postar aqui as falas que você julgou estarem "feias". Quem sabe numa futura revisão da tradução possamos dar uma readaptada.

Att. :ok:

muito legal receber respostas da propria administração :)

Sim, tudo bem não divulgar a ferramenta, não li isso aqui no site pq sou novato, sem problemas :ok:

Bom, sou bom com traduções, inclusive em "tempos dourados" eu traduzia filmes antigos no Legendas.TV atualmente so sincronizo pq ja to sem pique, logo vou dar uma pesquisada a fundo, inclusive em como eh compilado esses tipos de jogos (sim, tb ja fui desenvolvedor de sistemas rsrsrs) e tentar abrir para traduzir por minha conta e exclusivamente pra mim o DOTT (se deixarem postar aqui, blza).

Sobre o SAM & MAX, como ja joguei mto THE DIG, FULL THROTTLE e jogos desse nype ja to acostumado com traduções q ficam com portugues perfeito e mesmo assim em linguagem popular e sempre me arrancou mais risadas (assim como legendas de filme que eu trocava o "filho da puta" por "filho da mãe"), agora indicando as falas, percebi mais no CAPANGA daquele loirinho anão que sequestrou o Pé Grande e a Mulher de Argolas no pescoço. Todas as falas dele são com girias mineiras....e eu nao fiquei ofendido, mas achei a tradução bem "bairrista" por ter um "sotaque" mineiro, ja que fica melhor uma tradução em senso comum para todo o nosso país.

No mais é isso mesmo galera, nada d+ mesmo, a conversa foi mais pra saber a tradução do DOTT hehehe, vou me esforçar aqui para descobrir como funciona a compilação das legendas para traduzir e como falei, para não desmerecer o trabalho do pessoal, farei para MIM, se quiserem depois, envio sem problemas.....nao sou nem um pouco apegado a "creditos" por tradução.

Diego DJ Souza - February 28, 2010 09:14 PM (GMT)
Discordo plenamente de que a versão em português de Sam & Max ficaria melhor traduzindo todos os personagens falando da mesma forma. O jogo original em inglês faz largo uso das diferenças culturais entre os personagens para fazer humor, como diferentes sotaques por exemplo, e o público brasileiro que não domina o idioma inglês fica completamente alheio às piadas e situações cômicas.

No fundo, se eu conhecesse mais expressões mineiras, eu colocaria inclusive mais expressões na versão em português.

Quando se fala em versões em português, há os que preferem a simples tradução e os que, como eu, acreditam que deve-se fazer mais e ir além da tradução para uma completa "adaptação".

Por experiência própria, eu até hoje só vi reclamarem das "adaptações" pessoas que tem um bom conhecimento do idioma inglês. Só que eles têm sempre 2 opções de entender o jogo, seja jogando em inglês ou português.

Como o público-alvo principal das versões em português são aqueles com pouco ou nenhum conhecimento do idioma estrangeiro, são eles quem eu tenho em mente quando faço uma adaptação. Quero que eles tenham, na medida do possível, tanto entendimento da situação que está se passando quanto eu tive ao jogar Sam & Max, por isso tento transmitir o máximo possível da idéia original através da adaptação.

Agora, se eu fizesse TODA a tradução do Sam & Max com sotaque mineiro, aí sim eu até concordo que ficaria bem "bairrista" mesmo, como você disse. Mas não é o caso, pois procurei usar esse recurso apenas quando combinasse com a situação.

E continuarei usando esse recurso, pois acredito que uma autêntica versão brasileira deve espelhar os diversos contrastes culturais que temos em nosso país. Afinal não existe uma maneira só de se falar o português. Eu sou do RS, e para mim, as dublagens e programas da TV em geral parecem, sim, extremamente bairristas, no sentido de que eu não me identifico com a forma que as pessoas falam de forma alguma. Se houvesse mais diversidade, e não uma tentativa de padronização, o alcance seria bem maior.

Um jogo como Sam & Max deixa evidente que nos EUA as manifestações de arte (jogos, filmes, séries, etc.) fazem bom uso das diferenças culturais americanas como forma de se adicionar elementos e camadas ao se contar uma boa história. Sou adepto dessa valorização e acho que deveríamos seguir essa linha mais vezes. Nossas traduções seriam muito mais criativas e divertidas. Não consigo simplesmente constatar a rica diversidade cultural brasileira e ainda assim não usá-la nas versões em português que eu faço, pois para mim isso seria um caso de pura falta de imaginação.

Marcio_ - March 17, 2010 01:26 AM (GMT)
Eu concordo que o "sotaque" caipira ajuda a compor o personagem, principalmente para aqueles que não sabem inglês e podem não entender o sotaque caipira americano como caipira, afinal, se ou ouvisse um chinês com sotaque caipira, nunca iria adivinhar se não me contassem...




* Hosted for free by zIFBoards